Resultado Final - Processo Seletivo TRF-SÃO PAULO

Acabou a faculdade, e aí?

Acabou a faculdade, e aí?

Quatro ou cinco anos na faculdade, provas, trabalhos, estágios e a temida monografia. Depois disso tudo, o jovem ainda tem que lidar com a terrível questão: E aí, o que você vai fazer da vida?

O início da carreira profissional é um momento de muitas dúvidas e incertezas. Após a formatura, vem à pressão por parte dos pais e da sociedade para que o jovem se torne independente. Devido a esse estresse e a vontade de ganhar dinheiro, muitas pessoas recém-formadas aceitam o primeiro emprego que veem pela frente e deixam de lado a afinidade com a função.


Ficar rico em poucos anos é uma meta muito difícil de ser alcançada e que acaba gerando descontentamento e desilusão. Acredite, certas experiências vividas na juventude valem muito mais do que qualquer retorno financeiro. Além disso, nessa fase da vida, é necessário saber que conhecimento teórico é diferente do prático, por isso humildade é algo imprescindível. 


No Brasil, o desemprego deverá continuar acima da média mundial pelo menos até 2016. Segundo a Revista ÉPOCA, só no Estado de São Paulo, 37% das pessoas com ensino superior atuam em áreas que não exigem curso universitário. Ou seja, pode-se dizer que pelo menos quatro em cada dez pessoas não exercem a respectiva função no mercado de trabalho. Para a maioria das pessoas, a ascensão profissional é lenta, às vezes muito mais do que se imagina. Então para vencê-la é preciso persistência e muita paciência.